Lara Soares

Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto

estudante de doutoramento // bolseira FCT

Concluiu o Mestrado em Prática e Teoria do Desenho em 2008 pela Universidade do Porto Faculdade de Belas Artes e Licenciatura em Artes Plásticas em 2005 pelo Instituto Politécnico de Leiria Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha. Frequenta o Doutoramento em Educação Artística pela Universidade do Porto – Faculdade de Belas Artes desde 2015. Possui 4 capítulos de livros. Atua na área da Educação Artística com ênfase no campo das práticas culturais e artísticas em contextos de mediação em museus e outros espaços culturais. Co-Fundadora do projeto BURILAR (2018), onde constrói um território de experimentação e investigação no campo das práticas em educação artística. Formadora certificada e com experiência em docência no ensino superior.

 

Título da tese
De Lápis na Mão: Uma perspetiva microscópica sobre as práticas de contacto entre a educação e a arte

Referência FCT
SFRH/BD/128602/2017

Resumo
O presente projeto de investigação incide em dois eixos – Práticas artísticas e práticas educativas que serão colocadas frente a frente naquilo a que chamamos de campo intersticial da educação artística.A partir de um posicionamento centrado na dimensão da prática e nas zonas de contacto entre as práticas artísticas e as práticas educativas, a proposta desta investigação não será tanto analisar um determinado acontecimento – uma oficina, uma visita ao museu, um espetáculo – mas sim perceber a sua natureza como um espaço em potência (Atkinson, 2011). Espaço em movimento constante, para a abertura de novas possibilidades de aprendizagem, novas formas de ver as coisas, de fazer sentido, de olhar para dentro e questionar a nossa prática a partir de fora. A partir do contexto atuante desta investigação pretende-se contribuir para o questionamento da própria necessidade da educação artística. Da natureza dos projetos e propostas implementadas e ao mesmo tempo questionar as opções institucionais e as formas atuantes de quem opera nos tradicionais espaços de mediação, os serviços educativos, projetos de mediação artística e cultural, projetos de arte e educação, etc…

Orientação
Catarina Martins

 

Mais info