conference

2ª RDIT — Geodiversidade e Geoconservação

Conferência Aberta dedicada à Geodiversidade e Geoconservação e proferida por Galopim de Carvalho.

  • 22 April 2022
  • 11:00 AM
  • Museu Nacional de História Natural, Lisboa

Representações, Desenhos e Imagens do Território, 2022
O alastramento das cidades e de todas as formas de ocupação do território natural, visando uma multitude de equipamentos inerentes à sociedade humana, destroem e ocultam para todo o sempre documentos valiosos da história da Terra e da Vida. São os geossítios, alguns com dimensão e importância monumental, que importa defender e valorizar.

No âmbito da UC InovPed e do Projeto de Investigação DRAWinU, esta conferência será a 2ª edição do 3.º Ciclo de Conferências Abertas, desta vez, dedicada à Geodiversidade e Geoconservação e proferida por Galopim de Carvalho, Professor catedrático jubilado pela Universidade de Lisboa. Uma iniciativa dos Departamentos de Desenho (FBAUP), Geografia (FLUP) e Engenharia Civil (FEUP) da Universidade do Porto.

_
Galopim de Carvalho
é professor catedrático jubilado pela Universidade de Lisboa, onde se licenciou em Ciências
Geológicas, 1959. Doutorou-se em Sedimentologia pela Universidade de Paris, em 1964, e em Geologia, pela Universidade de Lisboa, em 1968. Lecionou nos Departamentos de Geologia, 1961 a 2001, e de Geografia, 1965 a 1981, da sua universidade. É autor de 21 livros científicos, pedagógicos, de divulgação científica e de ficção ou memórias. É autor de mais de mais de 200 trabalhos científicos publicados em revistas da especialidade e mais de 150 artigos de opinião em defesa da Geologia e do património geológico. Galopim de Carvalho integrou a Comissão Oceanográfica Intergovernamental da UNESCO, entre outros organismos nacionais e internacionais, colaborou com os Serviços Geológicos de Portugal e criou o Laboratório de Sedimentologia do Centro de Estudos Geográficos, do Instituto de Geografia da Faculdade de Letras de Lisboa, o qual dirigiu de 1965 a 1981. O nosso convidado é Prémio Bordalo da Casa da Imprensa (1994) e Grande Prémio Ciência Viva Montepio (2013), tendo recebido o Doutoramento Honoris Causa, pela Universidade de Évora, em 2018. Galopim de Carvalho foi, durante 11 anos, diretor do Museu Nacional de História Natural, onde nos encontramos. Cá, dirigiu diversos projetos de investigação nas áreas da Paleontologia dos Dinossáurios e de Geologia Marinha. Além de ser Investigador e Professor, Galopim de Carvalho tem um papel central na comunicação e divulgação de ciência, utilizando para tal toda a variedade de meios e formas de comunicação.