Saboreie Mas Não Engula: Cozinhe você mesmo os meios para a sua expressão

Desde 2003 que um colectivo de artistas, que integram o Colectivo de Acção e Investigação (CAI) e pertencem ao ‘movimento intercultural identidades’, tem desenvolvido actividades e experiências com uma comunidade quilombola, no sertão Brasileiro em Conceição das Crioulas. Essa comunidade vive numa constante luta pela posse da terra, direito à educação e saúde para dignificar a sua vida e identidade. A relação de cumplicidade estabelecida permite a formulação de um corpo teórico que se apresenta como acção/investigação. Este artigo centra-se na possibilidade das comunidades criarem os seus laboratórios, preservando a sua autonomia e identidade, ao mesmo tempo que o mundo ocidental saboreia e aprende a partir dessas experiências. A natureza particular desta acção/investigação determina a importância de articular no campo político das áreas desenvolvidas, uma posição acerca do conceito arte/desenvolvimento. Por ter lugar numa comunidade em que, as identidades apresentam uma enorme complexidade multicultural, a relação intercultural segue através de práticas de cumplicidade construídas num continuo processo de respeito mutuo e ampliação do conhecimento sobre as áreas abordadas. A defesa da inovação tecnológica e a expansão dos espaços comunicacionais da comunidade levam à importação de tecnologias com gramáticas e sintaxes que não lhe pertence. Este conflito abre a investigação sobre a natureza das interfaces e aplicações amigáveis, numa utilização dentro do contexto de tecnologias de informação e comunicação para o desenvolvimento (ICT4D — Information and Communication Technologies For Development). As receitas usadas para implementar as tecnologias sob o acrónimo ICT4D são baseadas numa perspectiva ocidental que, muitas vezes, ignora os aspectos socio-culturais das comunidades acabando por se tornarem em projectos de cima para baixo.

Autor(es)
Ano 2011
Tipo Capítulo de Livro
Publicação Investigar a partir da Acção Intercultural
Páginas 47-53
Editora GESTO Cooperativa Cultural, CRL
Local Porto
Ed/Org José Carlos de Paiva, Catarina S. Martins
ISBN / ISSN 978-972-9171-76-5
Idioma Português
Link Ver Link