Re(l)atar: relatar, reatar pontos e nós. Relato (in)fiel de uma ou várias situações de estágio

Re(l)atar é o relatório de estágio realizado na Escola Aurélia de Sousa, cujo foco se centra no professor enquanto um eterno estagiário mas, também, sempre político e inevitavelmente artista. Relatar é aqui compreendido como uma acção que tem como finalidade principal reatar relações, aprendizagens e ideias que se confrontam, se inquietam e dialogam, numa rede em que o essencial é o respeito pela identidade de cada indivíduo, de cada instituição, bem como a consciência das diferenças e da diversidade cultural.

Desta forma, são evocadas neste relatório várias situações educativas (algumas realizadas noutras instituições, entre as quais se salienta a escola EB2/3 do Viso, no Porto e as escolas da comunidade do Quilombo da Conceição das Crioulas no nordeste brasileiro) que transporto para um núcleo central do estágio. Atravessa o documento a reflexão sobre o conceito de currículo diferenciado.

Esta, é simultaneamente objecto de reflexão e de argumentação quer no desenvolvimento da investigação, quer nas aprendizagens curriculares do mestrado, quer nas experiências e intervenções interculturais realizadas e, em particular, no estágio.

Autor(es)
Ano 2010
Tipo Tese
Instituição Universidade do Porto, FPCE e FBA
Grau Mestrado
Orientador(es) Henrique Vaz
Idioma Português
Área Educação Artística, Ciências da Educação