PSIAX, N.º2 (SÉRIE I) Estudos e reflexões sobre desenho e imagem

É uma publicação não periódica dos docentes de desenho dos cursos de Arquitectura das Universidades do Porto e de Belas Artes das Universidades do Porto e do Minho, podendo ter como colaboradores autores de outras proveniências institucionais, profissionais e nacionais.

Porquê PSIAX? PSIAX é o nome de um dos pintores de vasos gregos que terão introduzido a grande mudança do desenho com a técnica das figuras vermelhas, pelo início do séc. V a.C.. Este é um dos mais notáveis aspectos da arte do desenho e da sua adaptação a uma necessidade tecnológica, empresarial, ritual e social, num dos períodos mais relevantes da cultura grega. Retomar a memória longínqua do desenho, trazê-la para a actualidade, em que se exigem novos entendimentos de uma arte básica do ser-se humano.

 

Índice:

  1. O voo e o pássaro no desenho de uma geografia interior.
    Marta Seixas
  2. Infância, experiência e história do desenho: “esperando o sucesso”, uma pintura de Pousão de 1882.
    Vitor da Silva
  3. A necessidade da representação. Representação, Abstração e Apresentação.
    Joaquim Vieira
  4. Notas à mancha (a propósito da visão impressionista de Emil Nolde sobre o Porto de Hamburgo).
    Carlos Corais
  5. Abel Salazar. Desenho / um diário de imagens.
    Anabela Rocha Paiva
  6. 4 modos de Desenho para uma percepção desenvolvida. O desenho do natural como método pedagógico.
    Susana Vaz
  7. Algumas contribuições para uma definição alargada de desenho.
    Lino Fernandes
  8. Desenho sem corpo? Desenho na era dos “cyborgs”.
    Teresa Eça
 Joaquim Pinto Vieira, Mário Bismarck e Vitor Silva (ed.)

Editora FBAUP, FAUP e EAUM publicações
Local Porto
Ano 2003
Número 2 (SÉRIE I)
Tipo Outro
Onde Comprar U. Porto Editorial