Papel: repetição e dobra, objecto e espaço

O projecto que agora apresento, ao qual decidi chamar “Papel: repetição e dobra, objecto e espaço”, relaciona-se sobretudo com as ideias de repetição e de dobra, nos objectos produzidos e no espaço de trabalho. Através deste processo, o atelier passa a ser visto enquanto livro e o livro enquanto espaço de exposição.

A repetição de que falo está ligada ao processo de repetir várias vezes o mesmo mas de modo diferente, levando à criação de várias versões das imagens, dos objectos e dos ensaios feitos no espaço de atelier. A repetição liga-se também à dobra presente nos objectos e no espaço, em resultado do acto de fazer e refazer, vista assim como repetição, duplicação.

O projecto é apresentado em formato de relatório, organizado em três partes: um anexo, que contém a introdução, uma descrição dos meus trabalhos e uma última carta dirigida a alguém que não conhece de todo o que eu faço; um livro, que se torna na peça central do projecto, constituído maioritariamente por imagens e por dois blocos de texto; e por uma exposição, que coincide com o momento da apresentação final.

Autor(es)
Ano 2012
Tipo Tese
Instituição Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto
Grau Mestrado
Orientador(es) Miguel Leal
Idioma Português
Área Artes Plásticas