O “efeito” Tino Sehgal

Resumo

As performances apresentadas ao longo dos anos pelo artista alemão/britânico Tino Sehgal  têm vindo a colocar algumas questões pertinentes para todo o universo da arte contemporânea. A sua noção de des-produção apresenta-se de forma disruptiva num território altamente interessado no carácter produtivo dos artistas. Mas não é só a partir desta noção que a Sehgal afirma a sua importância decisiva na arte de hoje. A forma de intervir a que chama live encounter não o é menos. A relação que introduz com o espectador e com os performers (muitas das vezes membros dos serviços educativos das instituições) é totalmente diferenciada da comunicação contemporânea baseada na ideia de documentação. Aqui nada disso é utilizado, ficando como hipótese única de trabalho a oralidade que, a partir da sua aparente obsolescência, permite ao artista aprofundar a ideia des-produtiva que, de algum modo, determina a existência das suas obras.

Palavras-chave

des-produção; performance; live encounter

Ano 2014
Tipo Artigo em revista
Publicação Revista Derivas - Investigação em Educação Artística, 2
Páginas 25-32
Editora i2ADS
Local Porto
Ed/Org Catarina S. Martins, José Carlos de Paiva
ISBN / ISSN ISSN: 2183-3524, ISBN: 978-989-730-041-7
Idioma Português
Link Ver Link