O Design da História do Design

Artigo sobre a Colecção D publicado no site Artecapital.

Excerto:

Quando fala da “Colecção D” Jorge Silva costuma lamentar com ironia que com estes livros está a fazer publicidade à concorrência, promovendo colegas, vivos ou mortos, construindo os seus portfolios e apresentando-os a um público, dando a entender que com isso se dedica mais ao trabalho deles do que ao seu próprio. É uma boca, claro, porque esta colecção tem muito do toque do próprio Silva. É significativo, por exemplo, que nas capas não haja reproduções do trabalho de cada um dos designers apresentados mas ilustrações tipográficas dos seus nomes, dando uma unidade, um estilo, à colecção que seria difícil de conseguir de outro modo. Mesmo a selecção e apresentação das obras ficam a dever muito à prática de Silva como director de arte, embora aqui não se trate apenas de gerir ilustradores, designers e editores [1] mas a obra já feita, por vezes encerrada pela morte, de outros designers. Se a direcção de arte exige muita estratégia e jogo de cintura, lidando por um lado com ilustradores, designers, e, por outro, com editores, escritores ou jornalistas, para quem o lado visual dos conteúdos não é assim tão importante, podendo mesmo ser sacrificado a outras prioridades, a história do design apresenta também os seus perigos, os seus egos e as suas negociações.

[…]

Autor(es)
Ano 2012
Tipo Artigo de opinião em jornal, Artigo electrónico
Publicação ArteCapital
Idioma Português
Link Ver Link