DESENROLAR O NOVELO: das aprendizagens do desenho até ao atlas de imagens na educação artística.

Este relatório constitui um documento em que se consubstancia o estágio decorrido no ano lectivo 2011/2012, na Escola Artística e Profissional Árvore, no qual centramos a atenção no ensino/aprendizagem do Desenho. Começa-se por desenrolar o novelo da (minha) aprendizagem do desenho no contexto académico e na prática profissional do projecto de Arquitectura, de modo a enunciar as intuições e os indícios que permitiram entender o desenho como imagem problemática. Partindo do caderno gráfico como cartografia do quotidiano, propõe-se o atlas de imagens enquanto mapeamento (do(s) arquivo(s) das aprendizagens) capaz de introduzir a inquietude e o questionamento favoráveis, quer ao estudo de modelos produtores de sentido(s) nos enunciados visuais, quer à investigação das vibrações entre as imagens e destas com os sujeitos. Coloca-se, assim, a hipótese deste dispositivo visual de conhecimento fluir nos contextos escolares, no âmbito da educação artística, abrindo espaço(s) a novos relatos que convidem à emancipação do sujeito contemporâneo.

capa_tese_AnaCachucho
Autor(es)
Ano 2012
Tipo Tese
Instituição Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto e Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto
Grau Mestrado
Orientador(es) Professor Doutor José Carlos de Paiva
Idioma Português
Área Ciências da Educação, Estudos Artísticos