Da Religiosidade Popular à Galeria De Arte Contemporânea

O objetivo deste trabalho é discutir a questão da compra de um ex-voto, na romaria de Trindade Goiás para ser enviado às exposições e galerias de Arte Contemporânea, presente no romance Chão Vermelho, de Eli Brasiliense (2002). A suspeita que tenho, considerando o período histórico da escrita e publicação do romance é que as características da escultura\ex-voto, materialização de um pagamento de promessa, a qual seria depositada aos pés do santo, está presente na arte produzida em Goiás nos anos 1940\50\60\70.

Ano 2011
Tipo Publicação em Actas
Publicação Anais do VIII Seminário de Pós-Graduação da UFG
Editora VIII CONPEEX – VIII Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão da UFG
Local Goiás - Brasil
Ed/Org VIII Seminário de Pós-Graduação da UFG
Idioma português
Link Ver Link