Caraterísticas individuais dos utilizadores de ambientes de Cowork para o desenvolvimento de postos de trabalho

Num mundo cada vez mais informado e conhecedor em que as novas tecnologias assumem papel importante, o desenho de novos produtos procura fazer face aos novos enquadramentos, às exigências e expetativas dos utilizadores. No sentido de criar melhores condições de vida às populações, a procura de soluções que privilegiem e potenciem as caraterísticas humanas são uma forma para responder aos desafios da contemporaneidade.

A dimensão humana dos projetos em design e os produtos daí resultantes, incide na obtenção de respostas consentâneas com os utilizadores através de soluções flexíveis capazes de se adaptarem às suas particularidades. A humanização do produto permite potenciar as caraterísticas antropológicas evidenciadas no confronto do homem com os objetos, na tentativa de melhorar as relações homem-objeto, homem-meio, homem-homem, facilitando a apropriação e a integração no meio pelo indivíduo.

O cruzamento das caraterísticas humanizadas com as caraterísticas flexíveis da estratégia da customização, enquanto fatores estruturantes do produto, permitem a obtenção de soluções adaptáveis que conseguem adequar-se às caraterísticas e particularidades de cada utilizador, mantendo as premissas dos produtos produzidos em série, mas com a capacidade de corresponder às especificidades individuais.

Ambientes públicos ou semipúblicos, como os espaços de trabalho em coworking, em que a diversidade e heterogeneidade são caraterísticas dos seus residentes, o desenho de produtos humanizados e customizados equaciona as premissas da multiplicidade de personalidades, necessidades, comportamentos, gostos, valores, etc., no sentido de conseguir dotar as novas soluções de caraterísticas para corresponder e se adaptarem às diferentes solicitações e apropriações dos diferentes utilizadores residentes.

O posto de trabalho em cowork verifica-se como palco privilegiado para a investigação, experimentação e materialização dos princípios enunciados, com relevante envolvimento e coparticipação dos utilizadores, num processo de correlação entre o processo de investigação académico e projeto de design de novos produtos.

Autor(es)
Ano 2014
Tipo Publicação em Actas
Publicação 1º Encontro Ibérico de Doutoramentos em Design 3º Encontro Nacional de Doutoramentos em Design
Editora Universidade de Aveiro
Local Aveiro
Idioma Português
Link Ver Link