As faculdades do vidro: o vidro na faculdade

O vidro, além de utilitário, é excelente material de obras de arte, versátil e admirável.
No séc. XX a arte do vidro floresce na Europa com a criação de escolas especializadas, galerias, museus, oficinas e é introduzida, como disciplina, no ensino superior. Nos EUA surge nos anos 60 o studio glass movement e a arte do vidro integra-se nas cadeiras dos cursos de arte das universidades.
É valiosa a história, tradição e espólio desta arte em Portugal, onde se evidencia o esplendor do vitral na arte sacra.
Nas Faculdades de Belas Artes ensina-se a tecnologia desta arte. No entanto é necessário inovar, quer a nível tecnológico com a introdução de novas técnicas, como o fusing, slumping, pâte de verre, casting, vidro laminado, técnicas de impressão s/ vidro e sopro, quer a nível conceptual.
Como artista e professora que se dedica ao estudo e criação da arte do vidro, considero fundamental investigar e aperfeiçoar conhecimentos e aptidões, no sentido de inovar a concepção dos alunos na prática de peças artísticas.

Autor(es)
Ano 2012
Tipo Capítulo de Livro
Publicação À procura de renovações de estratégias e de narrativas sobre educação artística
Páginas 135-140
Editora GESTO e i2ADS
Local Porto, Portugal
Ed/Org Catarina S. Martins, Manuela Terrasêca e Vítor Martins
ISBN / ISSN 978-989-20-3000-5
Idioma Português
Link Ver Link