Trajetórias de carreira na excelência musical: Variáveis psicológicas e de contexto

Indivíduos que se destacam pelo desempenho excecional em áreas culturalmente valorizadas, na ciência, no desporto ou nas artes, sempre despertaram a curiosidade dos leigos e o interesse dos cientistas. Os estudos sobre a vida e a obra dos indivíduos talentosos têm particular relevância pois dão-nos informação sobre o processo pessoal de desenvolvimento e expressão da excelência, podendo essa informação orientar a educação e o desenvolvimento dos jovens identificados como potencialmente talentosos.

No caso concreto deste projecto, pretendemos analisar o contributo de variáveis pessoais e contextuais nas trajetórias de excelência por parte de profissionais no campo da música. A emergência nas últimas décadas da Psicologia Positiva trouxe para a investigação e a intervenção psicológica temas novos como o bem-estar ou a felicidade, o êxito ou a excelência. O nosso projeto situa-se nesta última vertente da Psicologia Positiva, procurando compreender como certas dimensões psicológicas e fatores do contexto se combinam em termos de processos de desenvolvimento e de carreira profissional explicando a excelência alcançada por alguns profissionais, neste caso na área da música.

Na Universidade do Minho, os Profs. Leandro Almeida (Instituto de Educação) e José Fernando Cruz (Escola de Psicologia) lideram um projeto de investigação sobre a excelência de estudantes e profissionais, havendo já estudos com alunos de engenharia, coreógrafos, cientistas, pilotos dos F16 (Força Aérea Portuguesa), médicos, estilistas de moda, atletas, e gestores de empresas. Este nosso estudo integra-se nesta linha de pesquisa, alargando agora o campo de investigação à Música pelas nossas próprias afinidades à área.

Coordenador(es) de Projeto Daniela Coimbra
Data de Início - Fim 2018-02 / 2020-02
Hub de Investigação Artes e Psicologia