ANÁLISE COMPARADA DE EDIÇÕES

O estudo comparativo de várias edições de uma obra musical representa o alicerce artístico e científico fundamental para a realização de uma visão interpretativa mais focada na ideia original do compositor e de outras que, pela sua singularidade, possam constituir acervo estético-interpretativo de relevância no contexto da performance musical.

A análise da variedade editorial existente da autoria de pianistas, professores ou musicólogos fomenta e potencia a realização de sínteses do pensamento interpretativo, tanto no processo pedagógico de realização de interpretações de referência  e válidas do ponto de vista estético por parte do discente/intérprete, como no próprio ato performativo do docente / intérprete.

Acresce a este desiderato o manifesto desejo de transformar a criação, interpretação e a audição musical, na contemporaneidade, num convite irrecusável à exploração de eventos sonoros e de registos de evidências múltiplas e de reflexão colectiva sobre a condição de liberdade interpretativa nas artes performativas.

Daqui resulta, e em jeito de balanço crítico, um projecto que levanta questões sobre a polissemia do(s) conceito(s) em interpretação musical em pleno século XXI, compondo um “pensar” e um “ouvir” experimentado e crítico dos intérpretes enquanto artistas conscientes do mundo que os rodeia.

Coordenador(es) de Projeto Constantin Sandu
Data de Início - Fim 2018-03 / 2023-03
Hub de Investigação Estudos Artísticos