Paulo de Cantos: Máquina de Ensinar Pelo Desenho

Resumo:

Este artigo aborda a obra praticamente desconhecida “O Homem «Máquina»» do pedagogo português Paulo de Cantos, uma publicação didática sobre o corpo humano editada na década de trinta. Uma análise dos desenhos e do seu uso pedagógico revela uma interessante e vanguardista abordagem do desenho
como visualização de informação, ímpar no contexto português, desconcertante na sua radicalidade geométrica e na original colocação do desenho no centro do jogo pedagógico.

Palavras chave: Paulo de Cantos / desenho / vanguarda / escola moderna / visualização de informação.

Título do Evento Arte Contemporânea, Criatividade e Hibridação: o V Congresso CSO’2014
Título da Comunicação Paulo de Cantos: Máquina de Ensinar Pelo Desenho
Data 10 de Abril de 2014