O Desenho Como Grotesco: Paula Rego e a Cultura Visual Popular

Resumo:

Este artigo aborda as obras do núcleo “Óperas” da artista portuguesa e britânica Paula Rego. Procede-se a uma análisedos desenhos e estabelece-se ligações com a tradição azulejar portuguesa seiscentista de cariz popular em termos formais e técnicos. Propõe-se uma leitura interpretativa fundada
na ideia de grotesco como fator cultural que se especula ser uma constante histórica da visualidade portuguesa.

Palavras chave: Paula Rego / desenho /grotesco / azulejaria / cultura portuguesa.

Título do Evento Arte Contemporânea, Criatividade e Hibridação: o V Congresso CSO’2014
Título da Comunicação O Desenho Como Grotesco: Paula Rego e a Cultura Visual Popular
Data 10 de Abril de 2014