Aurélia de Souza: Pelo Brilho da Penumbra

Resumo:

Este artigo explora uma nova tese sobre a vida e obra da mulher artista portuguesa do século dezanove, Aurélia se Souza, com base na análise da obra “Santo António” que aponta para a artista ter sofrido de tuberculose e da sua pintura encontrar sentido profundo no quadro do romantismo fin de siècle. Fundamenta-se esta hipótese no conteúdo de outras suas obras importantes e também em factos da sua biografia.

Palavras chave: Aurélia de Souza / tuberculose romântica / romantismo.

Título do Evento Novas Propostas pelos Artistas : o VIII Congresso CSO'2017
Título da Comunicação Aurélia de Souza: Pelo Brilho da Penumbra
Data 7 de Abril de 2017