Camaleónica

Exposição coletiva | Camaleónica
Curadoria | Miguel Leal
Local | CAPC Sede, Coimbra
Datas | 03.03.2017 – 01.04.2017

Camaleónica é a condição do camaleão ou daquilo que se comporta como tal. Essa condição é a da mudança, da transformação, quase como se o mundo se viesse alojar na própria pele. Nesse processo, há uma exterioridade que se define a partir do interior e que é acima de tudo uma experiência da multiplicidade. Não se trata assim de replicar ou projectar o mundo no corpo mas de nos tornarmos mundo, numa espécie de mutação imperceptível que é antes de mais um devir-outro.

Nesta exposição reúne-se um conjunto de artistas que trabalharam em torno desta ideia dos processos de transformação camaleónica que nos aproximam do(s) outro(s) e do que nos é estranho. Uma transformação que implica uma resistência a toda cristalização, seja da identidade, das relações, dos lugares ou das memórias.

As várias intervenções, na maioria concebidas especificamente para a exposição, irão ocupar os vários espaços do edifício sede do CAPC, em diálogo com o próprio carácter do lugar.

Miguel Leal

 

Tapar um olho / Cover an eye, 2017
Adhesive paper without glue on glass
170×80 cm (x2)

 

Tapar um olho / Cover an eye, 2017
Inkjet print on paper Hahnemühler Photo Rag Baryta 315g
66×100 cm

Autor(es)