Antero

Antero

Portugal, 2011, 18′

Um filme no domínio do pagão e do popular. Um documentário com várias camadas do Portugal rural sobre um homem chamado Antero. Antero é perverso. Antero recita rimas, quadras e ditos populares. Antero ri-se. Antero recolhe objectos perdidos e ajeita tudo o que lhe aparece à mão. Como disse Joseph Beuys, cada homem um artista. (Carlos Ramos)

IndieLisboa 2012: “Cinema Emergente” e “Competição Nacional”

Antero_IndieLisboa2012

Media 10-10, Namur, 2012

Antero_Media10-10

Prémio “Format Court OVNI”

Antero_FormatCourt

Le Festival des Cinémas Différents, Paris, 2012

Antero_CinémaDifférents