SEMINÁRIO / MODOS DE EDITAR

Neste segundo seminário pensa-se porque editar, como editar, e que futuro para a edição. Três intervenções seguidas de workshop propõem equacionar suportes e discursos sobre a publicação: · Posicionar o livro de artista e a sua produção em contexto nacional; · Expor pelo testemunho profissional um posicionamento critico para uma exploração sustentada dos territórios difusos da edição quando equacionados a partir de uma prática artística; · Mapear momentos onde o cânone e a ruptura na anatomia do livro afirmam a hibridez editorial da contemporaneidade; · Expor processos e ensaiar em contexto académico acções que permitam entender as implicações discursivas de tais práticas. O seminário é de acesso livre. A participação no workshop tem número de vagas limitadas e tem início logo no final das intervenções. O seminário decorre no museu em espaço expositivo partilhado com exposição que reúne o trabalho de seis mestrandos de MDTI cujos projectos estão comprometidos na expansão do campo de actuação da Gravura.

Intervenções no seminário
Ana Catarina Silva, Do Impresso ao Electrónico: o Design do Livro num Contexto Editorial Híbrido Ana João Romana, Publicar como prática artística: o contexto português no século XXI Miguel Coelho: Tradução e interpretação – o papel de um estúdio de impressão no suporte à prática artística

De seguida começa o Workshop Risografia, Mimeografo, off set – Pesquisas sobre processos reprográficos num estúdio de edição com Miguel Coelho

O seminário é de acesso livre. A participação no workshop tem número de vagas limitadas e tem início logo no final das intervenções.

Seminário coordenado por Graciela Machado (membro integrado do i2ADS) e Rui Vitorino dos Santos.

Local Museu da Faculdade de Belas Artes
Data 15 de Novembro de 2018
Info ACESSO LIVRE
15:00