PSIAX – Estudos e Reflexões sobre Desenho e Imagem | 2ª série, nº 4 

OPEN CALL “Como o andar e o desenhar se cruzam

PSIAX Estudos e Reflexões sobre Desenho e Imagem, 2ª série, nº 4

 

O próximo número da revista PSIAX articula-se em torno da questão: “Como o andar e o desenhar se cruzam”.

Que trabalhos, obras, projectos ou considerações teóricas nos permitem mostrar, e questionar, o acto de caminhar, de andar, bem como o seu propósito conjunto – entrecruzado – de desenhar? Na conhecida expressão do poeta espanhol A. Machado, lemos que “não há caminhos, o caminho faz-se ao andar”. Com este sentido, que destitui a ideia de método, de caminho já conhecido, poderíamos afirmar que o acto de desenhar faz-se com o “andar” dos desenhos mas também com a possibilidade de, ao andar, o desenhador dar sentido à potência de desenhar. Seja como experiência de viagem, como breve pausa no percurso do território, como exercício de análise ou registo da paisagem, seja ainda como acção projectiva, poética ou performativa.

Que práticas, temas, conteúdos, e que resultados, permitem integrar simultaneamente o gesto de desenhar e a experiência do caminhante, do flâneur, do viandante ou do passante?

Pretendem-se assim desenhos, projectos artísticos, imagens, artigos, ensaios, textos contextualizadores e críticos que dêem conta e /ou problematizem a experiência do andar/desenhar.

As contribuições devem ser enviadas para psiaxmag@gmail.com até ao dia 5 de maio, em qualquer uma das seguintes línguas: Português, Castelhano, Francês, Inglês, Italiano. A acompanhar o texto integral deverá haver um resumo com um máximo de 500 palavras em Português e Inglês; 4 palavras-chave e uma nota biográfica com 40 a 60 palavras. Até 5 de junho os candidatos serão informados se a proposta foi aceite. Os contributos devem possuir um número de caracteres, incluindo espaços, entre os 11000 e os 21000. Os artigos aceites serão revistos pela comissão editorial. A comissão reserva-se no direito de não publicar artigos que não sigam as recomendações de revisão.

Os contributos em texto deverão ser enviados num único ficheiro word, com o texto em Times New Roman, corpo 12 e entrelinhamento 1,5, justificado. Notas de roda pé e referências deverão ser formatadas em corpo 10, entrelinhamento simples, segundo o estilo APA. As referências devem estar integradas no texto.

As citações até 3 linhas devem vir inseridas no texto entre aspas e seguidas pelas devidas referências. As citações com mais de 3 linhas, devem vir destacadas do corpo de texto com a fonte Times New Roman, corpo 10, espaço simples, justificado, recuo de 4 cm da margem esquerda. Cada contribuição terá um limite máximo de 8 imagens.

Os contributos por projeto artístico deverá ser acompanhado por uma memória descritiva até 500 palavras e o máximo de 20 imagens.

As imagens, em formato .jpg ou .tiff, com um mínimo de 7,5 x 10 cm, 300 dpi, devem estar identificadas no corpo de texto e no ficheiro, acompanhadas de ficha técnica e referenciadas.

A PSIAX é um periódico ativo desde 2002, publicando estudos e reflexões sobre desenho e imagem. Tem direção conjunta das Faculdades de Arquitectura e Belas Artes da Universidade do Porto e da Escola de Arquitetura da Universidade do Minho, sendo editada pelas unidades de investigação i2ADS e Lab2PT.

ISSN 1647-8045

Data de submissão: até 5 de maio 2020

Resultados: até 5 de junho 2020

Lançamento da revista: setembro 2020

Local Faculdades de Arquitectura e Belas Artes da Universidade do Porto e da Escola de Arquitetura da Universidade do Minho
Data 30 de Janeiro a 30 de Setembro de 2020