Laboratório de Performance: Processo & Criação com Miguel Bonneville & Magda Henriques

‘mas também não há uma técnica ou um pensamento oficialmente aprovados que não nos conduzam em direcção à morte’

14 e 15 de Outubro das 19h30 às 22h
19 e 20 de Outubro das 14h30 às 20h
21 e 22 de Outubro das 19h30 às 22h

I N S C R I Ç Õ E S A T É 1 0 D E O U T U B R O
através do email: escola@ace-tb.com

Este Laboratório é composto por uma componente teórica e por uma componente prática. A componente teórica, com uma duração mais curta, apresenta uma breve aproximação às origens e a alguns caminhos da história da performance. A componente prática irá propor aos participantes a criação de estruturas e ferramentas próprias, focadas no trabalho autoral, incentivando a consciencialização das questões fulcrais para a sua prática, aumentando o leque de abordagens à sua disposição e diferentes formas de construção de uma performance.

Público-alvo: Alunos e investigadores na área de estudos artísticos e profissionais nas áreas da dança, do teatro, das artes plásticas, da música e da performance.

_________________________________________________________

Miguel Bonneville (Porto, 1985) concluiu os cursos de ‘Interpretação’ na Academia Contemporânea do Espectáculo (2000-2003), ‘Artes Visuais’ na Fundação Calouste Gulbenkian (2006), ‘Autobiografias, Histórias de Vida e Vidas de Artista’ no CIES-ISCTE (2008) e ‘Arquivo – Organização e Manutenção’ no Citeforma (2013). Através de performances, desenhos, fotografias, música e livros de artista, Miguel Bonneville introduz-nos a histórias autobiográficas centradas na destruição e reconstrução da identidade. Apresenta o seu trabalho em galerias de arte e festivais nacionais e internacionais, sobretudo os projectos ‘Family Project’ e ‘Miguel Bonneville’, nomeadamente em Espanha, Alemanha, Polónia, Estónia, Itália, Argentina, USA e China. Colabora regularmente com artistas como Carlota Lagido, David Bonneville, Sónia Baptista, Joana Linda, Joana Craveiro e Maria Gil, tendo colaborado também com Francisco Camacho, Teatro Praga, La Ribot, AVaspo, entre outros. Foi artista residente no Sítio das Artes, no CAMJAP, na Fundação Calouste Gulbenkian (Lisboa, 2007), no Homesession (Barcelona, 2008), no Mugatxoan na Fundação de Serralves (Porto, 2010), no Festival Transeuropa2012 (Hildesheim, 2012) e na Arts Printing House (Vilnius, 2013). Fez parte do núcleo de artistas da produtora de dança contemporânea Eira (2004-2006) e da Galeria 3+1 Arte Contemporânea (2009-2013).

Magda Henriques (Coimbra, 1972)Licenciada em História, Variante de Arte, pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Professora de História das Artes, na Academia Contemporânea do Espetáculo e na Universidade do Autodidata e Terceira Idade do Porto. Responsável pelo programa de atividades pedagógicas, “Derivas Artísticas”, da Associação Circular, em Vila do Conde, e pelos encontros Caminhos do Olhar, promovidos pelo serviço educativo do Centro Vila Flor, em Guimarães.É colaboradora da Fundação Calouste Gulbenkian, no serviço educativo do CAM. Tem desenvolvido programas, no âmbito da arte contemporânea, destinados a públicos adolescente e adulto, em colaboração com várias instituições e festivais, em diferentes zonas do país, sendo de destacar a Fundação de Serralves, a Culturgest, o Teatro Maria Matos, o Teatro Viriato, o Pavilhão de Portugal em parceria com o Departamento de História da Arte da Universidade de Coimbra, a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, a Associação Quarta Parede, o CENTA, o Centro Cultural de Cascais, o Palácio de Fronteira, o Festival Escrita na Paisagem e escolas e câmaras municipais variadas.

_________________________________________________________

Academia Contemporânea do Espectáculo
Praça Coronel Pacheco 1, 4050 Porto
http://www.ace-tb.com/