Estética e Media | Imagens da PIDE | interact 19

IMAGENS DA PIDE – Do arquivo ao documentário

SEMINÁRIO (1,5 ECTS) | INSCRIÇÕES ATÉ 10 DE ABRIL

CREDITADO PELA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS, UNL 

COORDENAÇÃO: JACINTO GODINHO

cartaz com o programa em: Imagens da PIDE – Programa

 

A formação e a actuação das polícias políticas em Portugal durante o período da Ditadura Militar e Estado Novo (1926-1974), baseadas na investigação da historiadora Irene Pimentel e do investigador e jornalista Jacinto Godinho. Documentos, imagens e testemunhos que constituem um trabalho inédito, orientado para a constituição de um acervo audiovisual para estudos futuros e também para uma série documental, actualmente em produção pela RTP.

Desde 1926 que a polícia política fotografa os detidos mas em 1933 a PVDE integra essas imagens de forma organizada e quase científica nos seus livros de cadastro. A polícia proibia vários tipos de recolha e de divulgação de imagens, dotava-se a si mesma de meios para conhecer visualmente aqueles que perseguia e geria-se, ao mesmo tempo, como potência invisível e fantasmática.

Ver sem ser visto – tal é o dispositivo óptico que estará em análise, lançando-se também um conjunto de questões actuais sobre a relação entre poderes e imagens: falta clareza na interpretação das leis sobre os direitos à imagem e direitos de autor? As imagens fotográficas são alvo de um mercado apetecível que se sobrepõe ao interesse público para estudo e divulgação? O que é um documentário histórico? Quem tem o dever de recolher os testemunhos orais e as imagens da história?

 

SESSÕES E TEMAS

  • 16 de Abril, 18h00 – 21h00: A imagem na investigação policial
  • 17 de Abril, 18h00 – 21h00: As imagens documentais: memória, direitos, arquivo e divulgação
  • 18 de Abril, 15h00 – 17h00: Visita aos arquivos de imagens da Torre do Tombo
  • 19 de Abril, 15h00 – 17h00: Visita aos arquivos de imagens da RTP
  • 23 de Abril, 18h00 – 21h00: Debate sobre as imagens da PIDE com Prof. Jacinto Godinho, Profª. Irene Pimentel, Dr.José Pacheco Pereira (a confirmar) e Dr. Silvestre Lacerda (a confirmar)
 Auditório 1 da FCSH, 18h00

 

INSCRIÇÕES

  • Alunos e ex-alunos da FCSH: 20€
  • Público em geral: 30€

As inscrições e o pagamento da propina podem ser feitas por e-mail ou presencialmente  até 10 de Abril. Por favor contacte:

  • Núcleo de Formação ao Longo da Vida da FCSH (Serviços Académicos – 1º Piso)
  • Tel.: 21 790 83 83 (ext. 1537)
  • Email: nflv@fcsh.unl.pt

 

INFORMAÇÕES

 

////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

 

Estética e Media: visualidades e sonoridades contemporâneas

SEMINÁRIO / CURSO LIVRE (2 ECTS) | INSCRIÇÕES ATÉ 20 DE ABRIL

CREDITADO PELA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS, UNL

COORDENAÇÃO: MARIA TERESA CRUZ

cartaz com o programa em: Estética e Media – Programa

 

 

A transformação da experiência estética na era da mediatização e da virtualização do sensível: media arts e cross-media arts.

Práticas criativas contemporâneas na área da imagem e do som: cinema e imagem digital, música electroacústica e acusmática, instalação vídeo e interactiva, práticas audiovisuais (Vj). Participação de especialistas de estética, de teoria dos media e de artistas.

 

SESSÕES E TEMAS

Alain Renaud
Filósofo, especialista de estética, na área do cinema e da imagem digital, professor na École Supérieure d’Architecture de St. Étienne

6 de Maio – De l’Image-Monde à l’Image-Nombre: Cinématographe vs Image?
7 de Maio – Le Cri de Turing: quand l’nformation veut avoir la peau du monde

Maria Teresa Cruz
Doutorada em Comunicação e Artes, professora na FCSH, investigadora no Centro de Estudos de Comunicação e Linguagens, na área de Estética dos Media e Teoria da Arte

13 de Maio – Media, Dispositivo e Sensibilidade

João Constâncio
Doutorado em Filosofia, professor na FCSH, responsável pelo Nietzsche International Lab do Instituto de Filosofia da Linguagem

14 de Maio – Nietzsche e oposição: ‘Stendhal contra Kant’

Carlos Caires
Músico, compositor, doutorado por Paris VIII, Professor na ESML – Escola Superior de Música de Lisboa, investigador do CESEM – Centro de Estudos de Sociologia e Estética Musical (a confirmar)

20 de Maio – Música Contemporânea e Electroacústica

Isabel Pires
Compositora e intérprete, doutorada por Paris VIII, professora na Universidade Nova de Lisboa, investigadora do CESEM – Centro de Estudos de Sociologia e Estética Musical

21 de Maio – Transcrições gráficas em música electroacústica: funcionalidades e subjectividades

Carlos Sena Caires
Artista da área do cinema digital e da instalação interactiva, doutorado por Paris VIII, investigador no CITAR – Centro de Investigação em Ciência e Tecnologia das Artes)

27 de Maio – Novas Fronteiras do Cinema
28 de Maio – Micronarrativas, Cinema e Interactividade

Nuno Correia
Artista da área dos novos media (Video Jack e músico), doutorado pela Aalto University e investigador do Centro de Estudos de Comunicação e Linguagens

3 de Junho – Práticas Criativas de Audiovisual (Vj)
4 de Junho – Práticas Criativas de Audiovisual (Vj)

 

INSCRIÇÕES

  • Alunos e ex-alunos da FCSH: 35€
  • Público em geral: 45€

As inscrições e o pagamento da propina podem ser feitas por e-mail ou presencialmente até 20 de Abril. Por favor contacte:

  • Núcleo de Formação ao Longo da Vida da FCSH (Serviços Académicos – 1º Piso)
  • Tel.: 21 790 83 83 (ext. 1537)
  • Email: nflv@fcsh.unl.pt

 

INFORMAÇÕES

 

//////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

 

interact 19 | “Vídeo-Cartas-Ensaios”: Resposta de Stephan Jurgens a Cláudia Madeira

 

A revista online Interact publica agora a resposta de Stephan Jürgens à vídeo-carta de Cláudia Madeira. O vídeo está disponível no site da revista, através do link http://interact.com.pt/19/video-cartas-ii/.

 

Na sua vídeo-carta-ensaio, Stephan Jürgens discute a essência da tecnologia partindo da dimensão techné + logos, avançando para um questionamento de como a arte, tanto na criação como no ensino, pode contribuir para se pensar o papel da tecnologia na sociedade.

Nesta mesma vídeo-carta, é ainda feita uma reflexão sobre o seu próprio trabalho artístico, nomeadamente da peça .TXT.

 

Interact – revista online de arte, cultura e tecnologia, que existe desde 2000 e que pertence ao Centro de Estudos de Comunicação e Linguagens da Universidade Nova de Lisboa, apresenta esta iniciativa, terminando assim o seu número 19 – dedicado ao tema “A Performance Digital“, cuja edição pertenceu a Eunice Gonçalves Duarte.

Stephan Jürgens é coreógrafo e investigador das artes performativas. A sua actividade como investigador centra-se no desenvolvimento de estratégias criativas para sistemas interactivos em performance ao vivo

Mais informações através do link http://interact.com.pt/19/video-cartas/.