Conferência António Colchete Filho (BR)

Cidade Olímpica: Arte e mobiliário urbano na área central do Rio de Janeiro.
Moderação Inês Moreira *
Coordenação Domingos Loureiro **

Toda coletividade necessita de lugares arquetípicos carregados de valores simbólicos; se as cidades não os oferecem, os grupos sociais os criam (MONTANER, 1999:174).

Esta palestra propõe-se a apresentar parte da história carioca recente após o anúncio de que o Rio de Janeiro foi eleito como sede dos Jogos Olímpicos de 2016, de modo a verificar como as intervenções para os espaços livres urbanos da área central têm tratado a arte pública e o mobiliário urbano nas suas propostas, posto que esse conjunto de elementos presentes nas cidades emerge muitas vezes como síntese da experiência simbólica e aferidor da qualidade espacial de um lugar. A partir da programação de um evento de caráter global na cidade uma série de projetos foi desenvolvida para a criação de condições favoráveis para a realização dos jogos, de acordo com o padrão internacional requerido para estas situações.

A área central, mesmo não tendo sido lugar de competições olímpicas, tem sido objeto de inúmeras intervenções, como na operação chamada “Porto Maravilha”, coordenada pela Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (CDURP). À reestruturação viária presente nesta operação urbana soma-se o surgimento de um grande número de espaços públicos remodelados e novos na cidade, para onde a nossa atenção se volta, com destaque para os novos mobiliários urbanos implantados, a inserção de murais e esculturas e toda a discussão que cerca esse tema em relação ao espaço público e à paisagem.

ANTÓNIO COLCHETE FILHO

Arquiteto e Urbanista (FAU/UFRJ), mestre em Urbanismo (PROURB/UFRJ), doutor em Ciências Sociais (PPCIS/UERJ) e professor associado da graduação e da pós-graduação na Universidade Federal de Juiz de Fora (PROAC/UFJF). O tema da palestra faz parte da pesquisa de pós-doutoramento em Paisagismo (MPAP/UFRJ), com auxílio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/Brasil).

* INÊS MOREIRA (1977, Portugal) é arquitecta, curadora e investigadora de pós-doutoramento. Afiliada ao IHA-FCSH, Universidade Nova de Lisboa. Professora convidada na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, onde lecciona Cultura Contemporânea e Estudos Curatoriais. Co-editora do Jornal Arquitectos, revista oficial da Ordem dos Arquitectos. Doutorada em Curatorial/Knowledge [Goldsmiths College, University of London, 2014], Mestre em Arquitetura e Cultura Urbana [Metropolis, UPC / CCCB, Barcelona, 2003], licenciada em Arquitetura [FAUP, Porto, 2001].

** DOMINGOS LOUREIRO (1977, Portugal) é artista e professor auxiliar do Departamento de Artes Plásticas da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. Investigador integrado do i2ADS. Coordena e colabora com diversos projectos de investigação. Editor do i2ADS artjournal. Doutorado em Arte e Design (2016), Mestre em Pintura (2011) e Licenciatura em Artes Plásticas (2001), pela FBAUP.

Local Auditório Pavilhão Carlos Ramos, FBAUP
Data 11 de Dezembro de 2017
Info Cidade Olímpica: Arte e mobiliário urbano na área central do Rio de Janeiro
Início às 16:30
PDF Desdobrável