À Procura da Cidade: Ideia, Imagem, Representação

À Procura da Cidade: Ideia, Imagem, Representação
Rui Mealha
1 de junho de 2021, 18h30

 

Mário Gonçalves Fernandes apresenta
RUI MEALHA.
As transformações urbanas contemporâneas determinam novas problemáticas que questionam a pertinência e validade dos anteriores conceitos e paradigmas. Torna-se assim fundamental a procura de novos instrumentos e metodologias de análise e de atuação arquitetónica e urbanística.
“Pensar o território como suporte das dinâmicas de socialização equivale a dizer que a territorialidade é, na sua essência, um fenómeno social” (Dematteis 2005). Neste sentido, a ‘territorialidade’ resulta como contextura de todo um conjunto de relações complexas, dos seus atores e processos de conformação em sistemas multiescalares de natureza espacial, funcional, simbólica e sócio-produtiva. Interpretando a complexidade e relativa imprevisibilidade das novas dinâmicas da urbanização, compete ao desenho de projeto evidenciar condições de inovação inerentes à construção de uma “boa ideia” de cidade, e conceptualizar, com eficácia, a aprendizagem e a práxis disciplinar em territorialidades frequentemente incomuns, instáveis e de difícil apreensão.
Nesta oportunidade é proposta uma breve reflexão acerca da atuação no espaço da urbanização: de como o projeto reconhece e representa a realidade que pretende modificar, realidade muitas vezes contingente, em mutação, e marcada por novas expectativas de vida das populações.

Rui Mealha é arquiteto pela FAUP, onde também é professor desde 1989 e se doutorou com uma dissertação intitulada “Aspectos da actuação urbanística entre programas, planos e projectos: programas, tempos e formas do projecto urbano – a carta da Asprela”. É docente de Projeto 5 e regente de Urbanística do Curso de Mestrado Integrado em Arquitetura, docente de Estúdio de Projeto Urbano do Mestrado em Projeto e Planeamento Urbano, e regente de Teoria do Curso de Doutoramento em Arquitetura, sendo ainda membro da sua Comissão Científica. Como investigador no Centro de Estudos de Arquitetura, tem vindo a trabalhar sobre as relações da arquitetura com o espaço da urbanização contemporânea.

Participa regularmente em workshops, conferências e exposições nacionais e internacionais de arquitetura, e é autor de diversas publicações da especialidade.

 

A
Universidade do Porto e a
Fundação para a Ciência e a Tecnologia
apresentam,
no âmbito da Unidade Curricular InovPed
REPRESENTAÇÕES, DESENHOS E IMAGENS DO TERRITÓRIO e do projeto de investigação
DRAWinU, um
Ciclo de Conferências Abertas
da responsabilidade dos Departamentos de
Desenho da FBAUP, Vasco Cardoso,
Geografia da FLUP, Mário Gonçalves Fernandes,
Engenharia Civil da FEUP, Carlos Rodrigues.

Nesta segunda edição do Ciclo de Conferências Abertas, continua-se a firme vontade da dinamização de leituras transversais sobre o território. Em 2021, a Engenharia, a Biologia, a Filosofia, o Turismo e o Urbanismo trarão a debate as suas perspetivas, atentas às interpretações e aos usos do território na sua dualidade de entidade formada e formadora.

Trata-se de um programa de cinco conferências de livre acesso proferidas por cinco Oradores Convidados que apresentarão e debaterão, desde o seu campo de atividade e apoiados em peças gráficas, as representações que existem, ou se constroem, sobre o território,
São dois os propósitos destes eventos. Em primeiro lugar, visa-se semear nos Estudantes contributos para a fundação e desenvolvimento dos seus próprios projetos de construção gráfica acerca do território. Em segundo lugar, dentro da Terceira Missão da Universidade do Porto, pretende-se divulgar e cativar o cidadão para a importância do território, enquanto espaço comum, partilhado, através do conhecimento das representações que cada um tem e projeta, individualmente ou em grupo.

As Conferências Abertas decorrerão entre abril e junho, em vários espaços da U. Porto e a distância.

20 de abril, Valente de Oliveira
26 de abril, Alexandre Quintanilha
11 de maio, Adriana Veríssimo Serrão
25 de maio, Luís Paulo Saldanha Martins
1 de junho, Rui Mealha

Local Online
Data 1 de Junho de 2021