Gravação de Vidro por Abrasão e Corrosão

Neste manual apresenta-se um conjunto de pesquisas dirigida à sistematização tecnológica realizada em torno de abrasão direta sobre vidro com abordagens menos tradicionais onde a matriz, o vidro, é assumida como uma superfície pictórica. Nos procedimentos manuais realizados procura-se obter uma diversidade plástica e estética, no cruzamento das áreas de gravura e do vidro.

Nos trabalhos de estudantes em Belas Artes com formação em pintura, escultura, multimédia, verifica-se o entendimento dos meios artísticos, a ênfase conferida ao trabalho colaborativo necessário para responder à vontade de inovar e criar.

O manual, procura sublinhar o papel fundamental da investigação nos percursos formativos e apresenta textos e obras que contribuem para mostrar como os limites tecnológicos fazem parte da prática artística, e se submetem a uma constante reactualização artística. Desenvolvido para demonstrar resultados e estimular a experimentação, concilia uma breve relação entre sistemas de abrasão aplicados ao contexto da gravura sobre metal e sobre vidro apontando um conjunto de soluções desenvolvidas onde é possível avaliar as vantagens e desvantagens dos diferentes métodos de aplicação apresentados, carborundo e ácido, como um empreendimento criativo.

Esta investigação, assenta num projeto pluridisciplinar desenvolvido na FBAUP e em parceira com o Cencal e a I&D Vicarte. Este volume começa por apresentar como arrancou este tópico de reconstrução tecnológica, proposto a partir de Pure Print. Da documentação de workshop com Kazimierz Pawlak numa perspetiva sobre as experiências e interesses plásticos dos autores, e do modo como uma primeira sistematização dá lugar a formas experimentais de apresentação de vários trabalhos autorais. No decorrer do manual procura-se apresentar o vidro não como uma Matriz, mas como um trabalho final em si. Com uma história associada ao seu caráter decorativo, conseguimos visualizar neste manual a sua versátil aplicação e o evoluir da aplicabilidade meramente técnica que se destina a criar uma maleabilidades e ajustamento entre media que permita colocar o praticante a questionar e desenvolver as sues modelos habituais de resolução a partir de cada uma das áreas tecnológicas.

Autor(es)

Ana Margarida Rocha
Editora i2ADS - Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade
Ano 2020
ISBN / ISSN 978-989-9049-01-7
PDF